Entenda tudo sobre a icterícia em recém-nascidos

Entenda tudo sobre a icterícia em recém-nascidos

.. comentário


Seu bebê apresenta um estranho tom amarelado na pele e nos olhos? Não se assuste, se trata da icterícia neonatal e segundo dados do Instituto Mexicano de Segurança Social, é normal, pois ocorre em 60% dos recém-nascidos, geralmente desaparece em alguns dias e raramente requer intervenção médica. Entenda tudo sobre a icterícia em recém-nascidos logo abaixo.

Basicamente, a icterícia é a coloração amarelada da pele e é devido ao aumento da bilirrubina no sangue. A bilirrubina é uma substância amarela que o corpo produz quando substitui velhos glóbulos vermelhos, antes do nascimento a placenta é responsável por processá-la para descartá-la. Após o parto, o fígado é quem processa e descarta a bilirrubina através das fezes.

Entenda tudo sobre a icterícia em recém-nascidos

Sintomas

Embora a pele amarela seja o principal sinal de icterícia, é importante detectar em que parte do corpo do bebê aparece. Por exemplo, a maioria dos recém-nascidos a tem no rosto e na esclera (parte branca do olho), mas também há outros que a apresentam no tronco e nas extremidades. Na verdade, se ocorrem nas pernas, nas lágrimas e na saliva, é muito mais provável que os níveis de bilirrubina sejam maiores do que aqueles que apresentam apenas no rosto.
Entenda tudo sobre a icterícia em recém-nascidos
Tipos

De acordo com a Associação Espanhola de Pediatria, existem dois tipos de icterícia: o fisiológico e o patológico.

O fisiológico é o mais comum nos recém-nascidos, é fugaz porque desaparece do segundo ao sétimo dia de nascimento. O patológico aparece nas primeiras 24 horas após o nascimento e geralmente desaparece mais devagar, leva até semanas a ser eliminado, mas é importante que um pediatra seja responsável pelo diagnóstico de icterícia em qualquer um dos seus tipos.

Causas

Icterícia por amamentar: ocorre na primeira semana de vida do bebê e ocorre muitas vezes quando os recém-nascidos não se alimentam bem ou quando a mãe tem problemas para produzir o leite materno.

Icterícia pelo leite materno: geralmente ocorre no sétimo dia de lactação em um bebê saudável devido as substâncias do leite materno que afetam a degradação da bilirrubina no fígado.

Bebê prematuros: um bebê com amadurecimento gestacional diminuirá as chances de sofrer de icterícia, pois seu fígado está mais “preparado” para processar a bilirrubina, ao contrário de um bebê prematuro, que vai precisar de mais tempo para que o seu fígado “amadureça” e processe corretamente qualquer substância.
Entenda tudo sobre a icterícia em recém-nascidos
Solução

Existem muitos mitos populares que buscam eliminar os tons amarelados na pele dos bebês, como o famoso banho de sol durante alguns minutos por dia. Mas lembre-se que quaisquer anormalidades em recém-nascidos devem ser avaliadas por um médico para evitar complicações e para descartar qualquer enfermidade hepatobiliar ou metabólica.

Embora a icterícia neonatal seja normal e geralmente é transitória e benigna, não é demais consultar um pediatra para garantir que o bebê está saudável.