Cesariana programada

Cesariana programada

.. comentário parto cesariana, tudo sobre cesariana


O maior medo e a maior alegria de uma grávida é sempre quando se aproxima o momento do parto. Isto pode ser de dois tipos: parto natural, também chamado por parto normal ou cesariana. Hoje vamos explicar os prós e contras desta forma de parto alternativo, uma opção muito útil em nascimentos múltiplos.

Talvez esta não fosse à ideia que você teve para o momento de dar à luz ao seu filho, mas você tem que confiar na palavra do especialista. É normal que fique um pouco agoniada, mas se tiver uma cesariana programada o melhor é se acalmar é saber tudo o que vai acontecer. A seguir vamos explicar com detalhes.

Cesariana programada

Principais motivos para uma cesariana

O obstetra decidiu fazer a cesariana por algum motivo. Pode ser por motivos relacionados com a mãe, por exemplo, que tem diabetes gestacional, pré-eclâmpsia ou eclâmpsia, placenta prévia, pélvis muito estreita, ter sido submetida a mais cesarianas anteriormente ou qualquer doença específica. Ou por razões relacionadas com o bebê, como: partos germinais, se o bebê pesa mais de 4,5 kg ou se está mal colocado transversalmente ou de nádegas.

O que é a cesariana?

A cesariana planejada é uma operação totalmente segura tanto para você como para o bebê. Além disso, é feita com epidural, portanto, só anestesia uma parte do corpo e você pode testemunhar a chegada de seu filho. Se o obstetra escolheu esta opção, é porque acredita que é o mais conveniente (por alguns dos motivos explicados acima ou outros específicos). A cesariana pode ser agendada para a mesma data do parto, ou inclusive alguns dias antes dessa data para a fim de evitar riscos.

O maior benefício de ter um parto programado é que você pode organizar-se e não ter imprevistos. Assim, nos dias anteriores você já pode preparar toda a documentação e arrumar o necessário para ficar dois ou três dias no hospital. Obviamente estará nervosa, mas você deve tentar descansar nos dias anteriores o máximo possível. Além disso, lembre-se que no dia agendado para o parto você deverá ir para o hospital em jejum e sem nenhum creme de estrias.

Antes da cesariana

Quando você chegar ao hospital à primeira coisa que eles vão te perguntar é se você já depilou os pelos pubianos (se não, lá mesmo eles faram isso para você). Então, você será anestesiada. Normalmente eles fazem o epidural, mas poderia ser com a anestesia geral. A anestesia geral só é realizada em casos específicos, como por exemplo, em uma emergência ou por graves problemas nas costas.

Como você recebe a epidural? Deve estar muito quieta e deitada em posição fetal ou sentada com a coluna curvada. Então, sentirá uma picada com uma agulha, depois irão introduzir um cateter com a anestesia que está lá e se caso você precise colocaram uma dose maior. Quando você notar o efeito te colocaram uma sonda com a qual você vai evacuar a urina.

Durante a cesariana

Depois de te prepararem, começará a cirurgia. Isso geralmente dura cerca de uma hora e o pai da criança pode estar presente. O primeiro passo é fazer um corte. Geralmente é transversal na altura da linha do biquíni, o que ajuda quando os pelos pubianos crescem e disfarçam a cicatriz. Também poderia ser vertical, embora cada vez se faça menos dessa forma.

Em seguida, o obstetra separa a gordura e os músculos para chegar ao útero para realizar um corte transversal e tirar o bebê. Então, ele cortará o cordão umbilical do recém-nascido e extrairá a placenta. Na continuação, costurará o útero e os músculos com um fio absorvível. No exterior, costurará a incisão com grampos ou fio e cobrirá com curativos.

Cesariana programada

Apesar de não ser muito comum, durante a cesariana pode haver complicações como infecções, hemorragias ou tromboses. Quanto ao recém-nascido, o maior risco é a possível aparição de problemas respiratórios. Mas tenha em mente que, durante a operação, ambos estarão bem vigiados e prontos para serem atendidos a qualquer momento.

Pós-operatório

Uma das principais desvantagens de cesariana é a recuperação lenta. Em contraste, o parto natural é muito mais rápido e às vezes, no dia seguinte após o nascimento do bebê vocês já recebem alta do hospital. A cesariana geralmente é também mais dolorosa por ser uma cirurgia. Graças à anestesia você não vai sentir dor durante a operação, mas a anestesia vai desaparecendo depois de uma hora. Não se preocupe, porque vão te dar analgésicos.

Você pode beber líquidos após quatro horas de operação e se você tolerar bem, vão te colocar em uma dieta leve, e, em seguida, em uma dieta sólida, de acordo como você for progredindo a comida. Depois de algumas horas vão te ajudar a tentar se levantar. É essencial que ande e se mova, para evitar problemas circulatórios e de gases. O curativo você deve monitorar e limpar. E depois de receber alta, deverá voltar para remover os pontos não reabsorvíveis.

Nos primeiros dias, você tem que limpar o corte com um antisséptico. Enxaguar somente durante o banho diário já é o suficiente. É bom que deixe secar ao ar livre para que seque adequadamente. É comum você sentir um pouco de dor no local e é por isso que seu médico irá te receitar um analgésico. Se continuar sentindo dor por mais de três semanas seguintes, é melhor consultar com o seu médico para averiguar se não houve nenhuma irregularidade.

Cesariana programada

A recuperação

Depois de alguns dias no hospital você poderá voltar para casa e se recuperar calmamente. Mas lembre-se, você deve estar tranquila e sem fazer esforços excessivos para que cicatrize corretamente.

Também é aconselhável prestar atenção a sua dieta para recuperar forças após o parto. Normalmente, o médico irá te receitar suplementos de ferro, mas também é importante que tenha uma dieta rica em proteínas (ovos, peixe, carne) e em líquidos e fibra (cereais integrais). Além disso, desfrute do seu bebê ao máximo e dessa loucura boa que é a maternidade.

Mulheres – Mitos e Verdades: Cesariana X Parto Normal (06/02/15)


  • quem faz cesariana podetira culticula
  • pre eclampicia programada
  • anestesia cesarea programada
  • Quando é necessária a cesaria programada?
  • Quando vamos pro hospital dar a luz as unhas deven está sem esmalte
  • Qual é o tamanho das unhas aconselhável para ir a maternidade?