Catapora em crianças: soluções práticas!!!

Catapora em crianças: soluções práticas!!!

.. comentário


A catapora ou também conhecida como varicela é uma enfermidade de origem viral que causa uma erupção com pequenas espinhas cheias de líquido que provocam coceira em todo o corpo. É uma enfermidade muito contagiosa que se espalha pelo simples contato, mas na atualidade e graças à vacinação, não é tão perigosa.

Na continuação vamos descrever quais são os sintomas prévios, que ocorrem quando a enfermidade está incubando, quais são os posteriores e o que você deve fazer no caso de seu filho pegar catapora.

Sintomas de catapora

A catapora não se manifesta imediatamente. Aparece entre 10 e 21 dias após a criança ter sido exposta ao vírus e dura entre uma semana e 10 dias. Alguns sintomas podem aparecer dois dias antes da manifestação que todos conhecemos (as espinhas):

febre leve a moderada
– perda de apetite
– dor de cabeça
– sensação de mal-estar geral e um grande cansaço

Quando a catapora se manifesta com a erupção, pode-se dizer que ela passa por três estágios. Primeiro aparecem as espinhas que são de cor rosa e duram vários dias. No segundo estágio, as espinhas se enchem de líquido, se rompem e formam crostas quando a enfermidade está chegando ao seu fim.

Pode se espalhar por todo o corpo e em casos muito graves chegando a formar crostas e lesões na garganta, olhos, ânus e vagina, mas não é muito comum.

Enquanto estes são os sintomas clássicos da catapora, existem outros que são sinais de alerta e que nos indicam que devemos ir nos consultar com um médico.

– No caso de que a área onde se encontra a erupção se torna sensível e muito quente e vermelha, pode se tratar de uma infecção bacteriana.
– Se as espinhas se estendem aos olhos.
– A criança se sente tonta ou desorientada.
– Seus batimentos são mais rápidos do que o normal, não consegue respirar, tem tosse, vômitos e sente o pescoço rígido.
– Tem mais de 39 ºC de febre.
– Se a criança tiver menos de 6 meses.

Catapora em crianças: soluções práticas!!!

Cuidar da criança com catapora é simples. Certamente, como mãe, você já tem a ideia de que, se um amigo ou alguém da família estiver doente, é melhor evitar o contato do seu filho com a pessoa, caso ele não tenha tido a enfermidade antes.

Você deve saber que, uma vez que a criança já foi infectada, ela se torna imune ao vírus, porque o corpo fabrica as defesas. Portanto, se seu filho já teve catapora e há casos na escola, você não deve se preocupar porque ele não será contaminado novamente.

É importante não se desesperar, pois isso só deixaria o seu filho mais nervoso. O importante é não deixá-lo se coçar onde coça para não romper as espinhas e provocar uma possível infecção. Você pode evitar isso dando-lhe duchas de água fria durante o dia, utilizando um sabonete neutro ou branco sem cheiro e espalhando talco mentolado pelos lugares onde tem a erupção, pois refrescará e evitará a coceira, que normalmente é sempre muito irritante.