Síndrome da fadiga crônica em mulheres

Síndrome da fadiga crônica em mulheres

.. comentário fadiga crônica em mulheres, síndrome da fadiga crônica


A síndrome da fadiga crônica em mulheres é uma doença complexa que afeta muito a qualidade de vida das pessoas. Segundo as estatísticas, há cinco vezes mais mulheres do que homens que estão afetados por essa síndrome, ou seja, por uma razão particular, afeta mais as mulheres. Dores, cansaço extremo, depressão: os efeitos deste problema são muitos e é importante conseguir compreendê-los e quais são as causas e como tratá-las.

Os efeitos da síndrome da fadiga crônica são difíceis para as pessoas que a sofrem, porque de uma maneira ou de outra acabam isoladas em sua própria doença, uma vez que é difícil ir ao trabalho ou ter uma vida social. Todo esforço envolve um cansaço extremo e dores no corpo o que obriga um descanso.

Os sintomas da síndrome de fadiga crônica

Síndrome da fadiga crônica em mulheres

As pessoas afetadas pela síndrome da fadiga crônica afirmam que cada dia é para eles um desafio a superar. Os sintomas desta doença irritante e dolorosa são múltiplos e corresponde a todos o mesmo padrão:

• Os sintomas se manifestam entre os 25 e 50 anos.
• O corpo é constantemente dolorido, algumas pessoas afirmam que uma simples pressão no pescoço ou nas costas é suficiente para provocar uma dor terrível.
• A dor muscular é uma espécie de queimadura. Nos estágios iniciais da doença pode ser confundido com dores causadas pela gripe, o mesmo cansaço geral que se sente nos músculos e ossos. A dor não é localizada, é geral.
• Uma fadiga permanente. As pessoas afetadas pela síndrome da fadiga crônica se sentem tão cansadas que têm problemas ao fazer trabalhos domésticos, na hora de cuidar dos filhos e até mesmo ao realizar sua própria higiene. Sentem dor inclusive ao escovar os cabelos.
• Crises de insônia são frequentes.
• Problemas intestinais.
• Vertigens.
• Distúrbios de humor devido à dor e a fadiga. Acontecimentos ligeiramente estressantes ou de angustia se traduzem por uma dor física mais intensa nestes pacientes. Às vezes, a perda de um ente querido pode agravar consideravelmente a síndrome da fadiga crônica.
• A síndrome dos olhos secos. Sua aparição é frequente quando se sofre da síndrome da fadiga crônica.
• Mudanças no ritmo de produção de hormônios supra-renais.

Assim se manifesta a síndrome da fadiga crônica em mulheres. Se você acha que sofre desse mal, não hesite em consultar o seu médico para realizar o melhor tratamento possível.

Conheça os sintomas e as causas da síndrome da fadiga crônica