É possível engravidar tomando anticoncepcional?

É possível engravidar tomando anticoncepcional?

.. comentário


Que grande pergunta! Sabe-se que as pílulas anticoncepcionais são uma das formas mais seguras para evitar a gravidez. No entanto, muitas mulheres têm essa dúvida, especialmente se o que desejam é não engravidar no momento.

Se esse pensamento ocorreu em você e o que quer é saber um pouco mais sobre o assunto, continue lendo. Vamos tentar evacuar todas as suas dúvidas em relação a engravidar tomando anticoncepcional. É possível engravidar tomando anticoncepcional? Tire suas dúvidas abaixo.

É possível engravidar tomando anticoncepcional?

As pílulas podem falhar?

Todas as pílulas anticoncepcionais, em suas embalagens, garantem que sejam eficazes em 99% dos casos, desde que sejam ingeridas diariamente. Mas o que acontece com esse 1% restante no ar? Agora vamos ver.

Queremos esclarecer o que queremos dizer com a ingestão diária. Muitas mulheres são esquecidas e se esquecem de tomar as pílulas 1 dia ou 2. Nesse caso, o controle da natalidade diminui até atingir 91%. Isso significa que, em vez de 1% de probabilidades de engravidar, já aumentamos para 9%, o que é bastante elevado.

O que acontece neste caso é que, sem o fornecimento constante de hormônios, o corpo começa seu processo natural de ovulação, o que poderá levar à concepção e à gravidez. Isso pode acontecer apenas esquecendo de tomar 1 ou 2 comprimidos ou por entrar dentro do 1% das probabilidades.

Posso engravidar tomando anticoncepcional

Como você já deve ter notado, a resposta é sim. Para que isso não aconteça, é necessário respeitar as ingestões diárias ao pé da letra. Cada blister tem 21 ou 28 pílulas contraceptivas, dependendo da marca. Você só deve tomá-las no primeiro dia do período, conforme indica na caixa e repousar durante 7 dias no caso de ser blister de 21 pílulas. Lembre-se de que qualquer interrupção na ingestão provocará que seu corpo volte a normalidade e fique fértil novamente.

Atenção! Você deve ter em mente que tomar as pílulas anticoncepcionais não te livrará da contaminação de doenças sexualmente transmissíveis, como o HIV, a sífilis ou a gonorreia. Para estes casos, é sempre melhor usar preservativos, porque ainda é a única ferramenta que temos prevenir a propagação deste tipo de doença.