5 lutas que mães divorciadas enfrentam

5 lutas que mães divorciadas enfrentam

.. comentário


Não é fácil dar o passo da separação depois de ter filhos, mas se você chegar a esse ponto é porque não há retorno. É necessário tempo para se adaptar à nova vida, ao divórcio, as novas rotinas. Muitas mulheres enfrentam o divórcio em suas vidas e enfrentam também muitas lutas internas e externas.

O divórcio é um processo no qual você deve se adaptar com a nova relação que tem com o pai de seus filhos, nova casa, nova economia, etc. Embora inicialmente pode ser difícil a adaptação é mais do que provável que, com o tempo, você perceba que, graças as rotinas tudo será mais fácil.

Apesar de cada pessoa ser diferente e o motivo de cada divórcio também, geralmente, há uma grande situações de situações difíceis ou problemas semelhantes que muitas mães que se divorciam passam. Embora em muitos casos, as mães preferem não admitir esses problemas. Confira abaixo as 5 lutas que mães divorciadas enfrentam.

5 lutas que mães divorciadas enfrentam

Problemas de dinheiro

Todo mundo tem problemas de dinheiro, especialmente depois de um divórcio. Os problemas sempre tendem a se multiplicar quando há dinheiro envolvido. Você pode estar lutando com suas finanças como mãe divorciada e, por vezes, se sente desencorajada ou estressada por causa disso. Admitir que você enfrenta tempos difíceis por causa da economia não significa mostrar fraqueza, muito pelo contrário.

Sensação de que perdeu os filhos

Não importa quanto tempo você já está divorciada, sempre terá a sensação de que perdeu seus filhos quando eles se vão com o pai. A casa fica silenciosa, seu quarto vazio e você sem aqueles abraços e beijos, que você necessita tanto como respirar. A divisão das férias, dos dias, horas ou minutos… nunca será um caminho fácil. Não importa o quanto você esteja cansada, quando seus filhos não estão mais com você, o sentimento é sempre doloroso.
5-lutas-que-maes-divorciadas-enfrentam1
Manter o equilíbrio emocional

As crianças podem variar diante do divórcio, mas quando as crianças não estão indo bem e mostram claros sinais de sofrimento emocional, é necessário ajudá-las e, se possível, recorrer a terapia ou grupos de apoio a família para que todos possam ter um bom equilíbrio emocional e se adaptem bem as novas situações. Pode ser algo complicado e difícil, mas você vai conseguir. As crianças são resistentes e se adaptaram ao divórcio, se os pais assim fizerem primeiro. Precisam de tempo, atenção e amor incondicional.

As batalhas legais

Estas lutas também podem ser difíceis de digerir. Todo mundo sabe que as lutas legais em divórcios podem realmente machucar e fazer com que seu nível de dor seja implacável. As pessoas simplesmente não querem falar sobre isso, mesmo que estejam muito mal.

Sofre comentários do tipo “você deveria ter mantido o casamento pelas crianças”
5-lutas-que-maes-divorciadas-enfrentam2
Provavelmente a pessoa que faz esse tipo de comentário não sabe absolutamente nada dos motivos pelos quais você tomou essa decisão tão importante e permanecer em um relacionamento pelos filhos é abusivo demais. Todos os pais querem o melhor para seus filhos e isso significa fornecer felicidade, pois se vocês não conseguiram fazer isso em conjunto, terão que fazer separadamente. Uma casa com pai e mãe morando juntos nem sempre é um lar feliz.

Um divórcio nunca é fácil. Você precisa pensar no que é bom para os filhos e principalmente no que é bom para você. Mas, certamente, como mãe você tomará a decisão correta.


  • maes divorciadas