Saiba tudo sobre a libido na gravidez

Saiba tudo sobre a libido na gravidez

.. comentário


Desde que você ficou grávida, seu desejo sexual baixou? Ou, pelo contrário, você ficou com mais desejo do que nunca? Nós explicamos como a libido muda nos três trimestres da gravidez. Saiba tudo sobre a libido na gravidez logo abaixo.

A libido na gravidez é uma questão que preocupa muitas futuras mães, que apesar de estarem vivendo uma gravidez calma, podem notar uma falta de desejo importante, devido, em parte, às mudanças hormonais da gravidez e em parte, aos medos, preconceitos ou falsas crenças que podem abrigar. Mas é normal a libido diminuir durante a gravidez? Ou ter um aumento da libido na gravidez? A resposta, com toda a probabilidade, é sim para tudo. E nós vamos explicar o motivo de cada caso.

Saiba tudo sobre a libido na gravidez

Uma libido diferente em cada trimestre da gravidez

É importante sinalar que a futura mãe, como mulher que é, pode sofrer oscilações significativas do desejo sexual ou ao longo da gravidez, em função de suas condições físicas e psicológicas. É normal ter uma falta de libido assim como um desejo mais acentuado do que o habitual e tudo tem sua explicação.

Hormônios: culpado da falta de libido no primeiro trimestre!

No primeiro trimestre da gravidez, a falta de libido geralmente é devido à “tempestade hormonal” que a mulher grávida vive em seu organismo. Seu corpo está se preparando a marchas forçadas para acomodar um hóspede de luxo: o futuro bebê. E, para isso, requer mudanças hormonais que possibilitem, entre outras coisas, o desenvolvimento do embrião e posteriormente, do feto, assim como a formação da placenta, que não é pouca coisa. Como consequência dessas mudanças drásticas na organização hormonal, a mãe geralmente tem náuseas e sente-se muito cansada durante as primeiras semanas da gravidez, além de ter sono toda hora, por isso que talvez, a última coisa sobre a qual ela pensa é fazer sexo. Não te preocupe! Se trata de um estado passageiro que dará lugar ao trimestre”estrela” para o amor, o segundo.
Saiba tudo sobre a libido na gravidez
Segundo trimestre: mais prazer do que nunca!

Se o primeiro trimestre é de aceitação da própria gravidez, o segundo trimestre é, sem dúvida, o melhor para aumentar a libido. A futura mãe já está ciente de sua gravidez, as náuseas e o cansaço já diminuíram e a gravidez se encontra pletórica, com suas novas e sugestivas curvas, os seios mais avantajados e redondos do que nunca e acima de tudo, uma vagina mais lubrificada, devido ao aumento do volume do útero, o que também favorece que a mulher esteja mais sensível e receptiva ao prazer. Não se surpreenda se viver o orgasmo de sua vida quando estiver grávida.

Terceiro trimestre: o peso e volume são notados

Está chegando a reta final e o volume e o peso da sua barriga são visíveis. Agora, é difícil encontrar uma posição confortável para fazer amor. Além disso, a altura do útero é tal, que seus órgãos internos se moveram para cima, como o estômago e os pulmões, que estão mais pressionados. Como consequência, você pode sofrer desconfortos, como dor no estômago ou sensação de falta de ar ou fadiga ao fazer um esforço. Com esta condição, é normal que a libido volte a descer, já que seu corpo precisa de descanso e psicologicamente, você está se preparando para o parto, com a cabeça cheia de tarefas que deve deixar pronta em pouco tempo. Novamente, você e seu parceiro devem permitir essa diminuição no desejo e tentar, se desejar, alternativas às relações sexuais convencionais, como carícias, masturbação mútua ou sexo oral. Tudo retornará ao seu lugar no momento certo. Apesar de tudo, se você não tem nenhum problema e o desejo não falta, lembre-se de que fazer sexo perto da data prevista do parto pode desencadear contrações e dilatação.

Os medos e preconceitos que deixam a libido em declínio

Nem tudo é devido aos hormônios e as alterações fisiológicas da grávida. Às vezes, por trás da falta de libido se escondem medos e preconceitos que podem ser difíceis de erradicar para os dois membros do casal. Sem ir muito longe, muitos futuros papais têm medo de machucar o bebê durante as relações ou especialmente o pai, pode ter uma imagem distorcida de sua esposa grávida, achando que a mulher grávida é “intocável”. Se trata de exageros, é claro, mas são o resultado de ideias e pensamentos que aderem à mente e não são fáceis de superar.

Saiba que existem alguns truques de como aumentar a libido de maneira natural e sem nenhuma contra indicação.