Rubéola em crianças: sintomas e tratamento!

Rubéola em crianças: sintomas e tratamento!

.. comentário

Rubéola é uma doença infecto-contagiosa causada pelo Togavírus. Sua característica mais marcante são as manchas vermelhas que aparecem primeiro no rosto e atrás da orelha e depois se espalham pelo corpo inteiro. O contágio ocorre comumente pelas vias respiratórias com a aspiração de gotículas de saliva ou secreção nasal.

A rubéola é uma enfermidade infecciosa que, em princípio, não provoca grandes complicações, exceto se a infecção ocorrer durante a gravidez. Conheça aqui seus sintomas, seu diagnóstico e seu tratamento.

A rubéola é uma enfermidade infecciosa, que faz parte das doenças exantemáticas. Na criança, geralmente não apresenta complicações importantes, mas este não é o caso se for contraída durante a gravidez. Conheça mais sobre a rubéola em crianças.

Sintomas de rubéola em crianças

– Começa com um ligeiro estado febril e um mal-estar geral.
– Dois ou três dias depois, aparecem pequenas manchas de cor rosa pálido em relevo, que cobrem rapidamente o rosto e o tronco.
– Outro sintoma é o engrossamento dos gânglios do pescoço e da nuca.

Possíveis complicações

– A rubéola é leve para crianças e adultos, mas muito grave para o feto.
Rubéola em crianças: sintomas e tratamento!

Contágio da rubéola em crianças

– Pode ocorrer desde o momento em que aparecem os sintomas até a erupção desaparecer.
– Seu período de incubação dura de duas a três semanas a partir do momento em que se estabelece um contato direto com a pessoa enferma.

Prevenção da rubéola

A imunidade é adquirida pela infecção natural ou por vacinação, sendo duradoura após infecção natural e permanecendo por quase toda a vida após a vacinação. Filhos de mães imunes geralmente permanecem protegidos por anticorpos maternos em torno de seis a nove meses após o nascimento. A vacina deve ser administrada aos 15 meses e aos 4-6 anos, juntamente com a vacina contra o sarampo e a caxumba.

Tratamentos para rubéola

– Não existe um tratamento especial. É suficiente para combater seus sintomas, febre e coceira, seguindo as instruções do pediatra.


  • rubeola