Os primeiros sintomas da doença de Parkinson

Os primeiros sintomas da doença de Parkinson

.. comentário


A doença de Parkinson é um transtorno neurodegenerativo crônico que leva à incapacidade progressiva ao longo do tempo. Embora as causas são ainda desconhecidas, sabe-se que é produzida como consequência da destruição dos neurônios pigmentados da substantia nigra. Chamamos substantia nigra à porção heterogênea do mesencéfalo e um elemento importante do sistema de gânglios basais. Mas para que todos entendam vamos falar a partir de agora com coloquialismos, onde iremos explicar as características da doença e seus primeiros sintomas.

A doença de Parkinson é caracterizada pela falta de produção de uma substância química no cérebro chamado dopamina, que é auxiliar dos movimentos do corpo e regula o estado de humor. Na continuação, vamos deixar uma lista com os primeiros sintomas da doença de Parkinson, caso observe que sofre mais de um, consulte o seu médico.

10 primeiros sintomas da doença de Parkinson

1. Perda do olfato: Pode ter dificuldade para perceber o cheiro de certos alimentos, como canela, vinagre e picles. A falta de odor também pode ser devido a um resfriado comum, alergias ou gripe, por isso você tem que levar isso em conta para não confundir ou alarmar-se á toa.
2. Voz baixa: Se vem diminuindo seu tom de voz ao falar e parece estar cada vez mais rouco sem estar resfriado ou sofrer nenhuma outra enfermidade de garganta.
3. Curvar as costas: Se pouco a pouco vai mudando sua postura corporal e cada vez está mais curvado/a ao estar em pé. Mas não se alarme no início, porque pode ser alguma lesão nas costas ou problema nos ossos.
4. Constipação: Se você normalmente ia bem ao banheiro e de repente não vai mais. Pode ser também por beber pouca água, tomar pouca fibra ou tomar algum medicamento que produz essa constipação.
5. Mudanças na expressão facial: Pode ocorrer o chamado “efeito máscara” que se caracteriza por ter quase sempre uma expressão séria e falta de cintilação.
6. Tremor nas extremidades: Talvez este seja o sintoma mais característico da doença. Se estes tremores ou espasmos nos dedos, mãos, queixo, lábios ou pernas ocorrer sem causa alguma, procure um médico.
7. Tonturas ou desmaios: Ocorrem quando a pessoa se levanta de algum lugar devido a pressão arterial baixar. Esta diminuição pode ser causada pela doença. Se isso não acontece com frequência não se assuste.
8. Escrever com a letra menor: Reduzir consideravelmente o tamanho de sua escrita e juntar mais as palavras de forma repentina.
9. Dificuldade em andar ou mover-se: Sentir rigidez no corpo, especialmente nos braços e pernas e não desaparecer embora se mova.
10. Problemas de sono: Se produz espasmos e movimentos repentinos durante a fase de sono profundo, inclusive chegando a chutar ou cair para fora da cama.

Atualmente, o Parkinson afeta 40 milhões de pessoas em todo o mundo e é uma das doenças neurológicas mais comuns em idosos e existe um contínuo desenvolvimento de tratamentos.