Francesinha, a manicure “curinga”.

Francesinha, a manicure “curinga”.

.. comentário francesinha


A francesinha é ideal para todas as ocasiões, desde entrevistas de emprego até o dia do casamento. Quando você quiser uma manicure que combine com todos os tipos de roupas e ocasiões, sem dúvida, faça uma francesinha.

E sim, nos atrevemos em dizer que a manicure francesa é como uma manicure “curinga” que serve para tudo, a qualquer hora do dia ou da noite e em qualquer ocasião. Mas, na realidade, não é tão simples de fazer como parece. Como tudo, tem sua técnica e hoje o “SobreBeleza” te dará muitas dicas sobre a francesinha, a manicure “curinga” para que você possa fazê-la da melhor maneira possível.

Aprenda a fazer francesinha em casa

Aqui ensinaremos passo a passo para uma francesinha que você mesma pode fazer em casa. Tendo os utensílios e esmaltes apropriados, pulso firme e um pouco de paciência, os resultados serão ótimos. Você se atreve?

1° passo: Tirar o esmalte velho com algum removedor de esmalte, se possível sem acetona e vitaminado (para que não danifique as unhas e elas possam continuar fortes e saudáveis) o esmalte que usamos anteriormente.

2° passo: A seguir será remover as cutículas. Retirar as cutículas não é obrigatório, mas se você tem muitas ou as tem agredidas a remoção torna-se conveniente. Se em vez disso tem pouca e de boa aparência, com algumas gotas de azeite de oliva pode massageá-las mais facilmente para despregá-las de suas unhas.

3° passo: Em seguida, lixe cada uma das unhas. Deixando-as todas do mesmo tamanho e formato.

Francesinha, a manicure

4° passo: A seguir retire com um algodão úmido em água a poeira ocasionada ao lixar as unhas e também os restos do azeite de oliva que foi utilizado para as cutículas.

5° passo: É super importante neste passo aplicar uma base vitaminada para a unha. Pesquise no mercado cosmético opções sobre boas bases com vitaminas para as unhas e aplique uma fina camada desta em cada uma das unhas. Suas unhas não ficaram mais amareladas com o uso do esmalte e também permaneceram fortes e resistentes.

6° passo: Comece a fazer as linhas brancas que servem para separar as linhas naturais das unhas. Você pode fazer direto com o pincel do esmalte na horizontal, mas, para isso, terá que ter bastante pulso firme. Ou usar adesivos próprios para esse trabalho, hoje em dia o mercado de cosméticos nos dá essa colher de chá. E, então, terá linhas retas e perfeitamente alinhadas. Uma vez aplicado o esmalte branco, é só esperar secar completamente.

7° passo: Assim que as linhas brancas estiverem completamente secas remova os adesivos (se essa foi à opção que você escolheu) e depois aplique uma camada de um esmalte clarinho por cima ou apenas um ‘top coat’ e assim suas unhas brilharam mais do que nunca. Este ‘top coat’ é a última etapa de qualquer forma e é essencial para a manicure francesa, uma vez que ele deixa a manicure permanecer intacta por muito mais tempo.

Francesinha, a manicure

E pronto! Francesinha concluída e em casa, sem gastar dinheiro em salões de beleza e com pouquíssimos utensílios. Agora você já está pronta para ir para a faculdade, uma entrevista de trabalho, um compromisso com as amigas, etc… Esse tipo de unha combina com qualquer situação e você não corre o risco de dar nenhuma gafe.

A francesinha é a chave para não ter que se preocupar excessivamente e por um tempo limitado sobre o estado das unhas e a combinação de cores. Se tiver alguma outra dica para fazer francesinha compartilhe com a gente nos comentários abaixo.