5 coisas que acontece na vagina após o parto

5 coisas que acontece na vagina após o parto

.. comentário


A gravidez é um processo bonito que envolve mudanças constantes. Todo o nosso corpo e a nossa psique se preparam para receber esse novo ser neste mundo. E, como era de esperar, uma vez que o bebê chega, nosso físico continua a mudar, particularmente na área íntima.

Embora seja difícil prever todas, porque cada mulher é uma, é importante que conheça as possibilidades de mudanças pós-parto para que cada uma possa recebê-las da melhor maneira caso elas apareçam. Estas são algumas das 5 coisas que acontece na vagina após o parto que você pode experimentar.

5 coisas que acontece na vagina após o parto

1. Você pode sentir a vagina um pouco frouxa

Durante o trabalho de parto, a pele e os tecidos da vagina se ampliam o suficiente para que o bebê possa sair sem problemas. Este processo implica que, mais tarde, tudo o que foi esticado tenha que voltar ao seu lugar… mas leva seu tempo.

Recuperar o tom pélvico pode levar alguns meses ou mesmo até um ano. O tempo dependerá do tamanho do bebê e da quantidade de horas de trabalho de parto, entre outros fatores.

Felizmente, você pode fazer algo para melhorar esta característica pós-parto: os exercícios Kegel, por exemplo, são altamente recomendados porque fortalecem os músculos pélvicos. Manter um peso equilibrado também ajudará no processo de recuperação da tonicidade.

2. Pode doer

Muitas mulheres experimentam alguma dor ou ardor na vagina após o parto. No entanto, nem sempre tem que acontecer assim. Os fatores que mais afetam neste caso são dois: a episiotomia e os desgarros.

Se o desgarro foi pequeno, certamente os pontos que fizeram foram poucos e a recuperação, bastante rápida. Agora, se você passou por uma episiotomia (desnecessária ou necessária para evitar desgarros maiores), o mais provável é que, enquanto os pontos se curam, a área doa um pouco. Alguns médicos recomendam tomar ibuprofeno para reduzir a dor, embora também aconselham os banhos de água quente para a inflamação e a dor diminuir.

3. Pode ressecar-se

Essa mudança é uma das mais comuns no período pós-parto. A secura vaginal é devida à diminuição dos níveis de estrogênio causados ​​pela amamentação. Quando o período de lactação termina, esses níveis aumentam novamente e juntamente com eles, a lubrificação vaginal é recuperada.

4. Ocorre sangramento

Os lóquios é um fluxo de sangue que as mulheres eliminam após o parto. Em geral, essas descargas duram entre 2 e 6 semanas. À medida em que as semanas passam, os lóquios mudam de cor e também se modifica a quantidade e a consistência.

O sangramento é normal e você só deve se preocupar se sentir dor, comichão ou odor forte. É importante, também, que você tome seu tempo para descansar e relaxar após o parto, porque os lóquios tende a aumentar em quantidade e duração se a mulher não descansar o suficiente.

5. A cor pode mudar

Outra mudança freqüente tem a ver com a mudança de cor da vulva (a área externa da vagina que inclui os lábios, o clitóris). A pigmentação geralmente é modificada pelas alterações hormonais durante a gravidez, mas também pelas suturas feitas durante o parto (no caso se foram praticadas).

Se você observar algumas ou todas essas alterações após o parto, é importante que saiba que elas são completamente normais e que ao longo do tempo as funções do corpo serão reorganizadas.

Lembre-se, também, de que pode realizar exercícios como Kegel para fortalecer o assoalho pélvico e experimentar uma recuperação mais rápida e menos intensa. O descanso será outro fator fundamental a ter em conta para viver um pós-parto saudável e harmonioso.